NOTÍCIAS RECENTES

domingo, 28 de julho de 2013

Diogo Salomão e André Santos à porta da saída!

Até ao dia de ontem, as razões pelas quais Diogo Salomão e André Santos não foram apresentados aos sócios juntamente com o plantel leonino, eram desconhecidas, mas hoje, ao que avança a imprensa portuguesa, os 2 jogadores portugueses não foram apresentados pela sua situação contratual. 

O extremo e o médio do Sporting estão a entrar no seu último ano de contrato e o facto de ainda não terem chegado a acordo com a direcção para a renovação, condicionou a sua apresentação aos sócios.

Após o desagrado de ambos os jogadores de não terem integrado o plantel apresentado, o cenário de saída está sobre a mesa, visto que tanto Diogo Salomão como André Santos, são atletas com mercado dentro e fora do país.

O mercado de transferências estende-se até dia 31 de Agosto, dia em que se espera que tudo esteja resolvido entre o Sporting e os 2 atletas, sendo as hipóteses a renovação, ou a saída.

É de recordar que André Santos é jogador do Sporting desde a época 2001/02, tendo estado emprestado ao Deportivo da Corunha na temporada passada. Possui um contrato que o liga ao Sporting até 2014 e conta com uma cláusula de rescisão avaliada em 20 milhões de euros.

Já Diogo Salomão pertence ao Sporting desde 2010/11 mas nas últimas 2 temporadas, esteve emprestado ao Deportivo da Corunha, tendo jogado nesta última com André Santos. Possui um contrato com o Sporting até 2014 igualmente, mas detém uma cláusula de rescisão avaliada em 30 milhões de euros.

Qual a opinião dos nossos leitores? Concordam com a atitude da direcção em apenas expor os jogadores com contratos seguros a jogar? André Santos e Diogo Salomão, são jogadores a sair?

Deixe-nos a sua mais formal opinião!
Tânia Matos disse...

Espero que sejam apenas rumores, que nada disto se confirme e que haja outros motivos para explicar o facto de ambos os jogadores não terem sido apresentados ontem em Alvalade.

Para além da aposta em portugueses e na "prata da casa", gosto bastante de ambos os atletas, mas penso que, especialmente, Diogo Salomão, deveria permanecer em Alvalade.